quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Patchwork: junte botões e monte a melhor colcha de retalhos


Jogo para dois jogadores, em Patchwork cada participante deve comprar pedaços de retalhos, ou peças que lembram o clássico dos videogames Tetris, e costurá-los na sua colcha, seu tabuleiro individual.

O objetivo do jogo é montar a colcha mais completa possível, pois ao final da partida, os espaços vazios tiram pontos do jogador. Isso transforma o jogo, que parece simples, em um belo exercício de raciocínio.


As peças do jogo são muito bonitas, lembrando retalhos de tecido, e de cara chamam a atenção das crianças e demais jogadores. Muito bem ambientado, os botões fazem o papel de dinheiro durante a partida e ajudam a manter o pano de fundo.

No início da partida cada jogador recebe um tabuleiro individual, onde montará sua colcha de retalhos, um marcador de tempo (peão) e 5 botões.


Os retalhos são colocados aleatoriamente ao redor do tabuleiro central, que representa uma trilha do tempo. Os retalhos 1x1 são posicionados em campos demarcados no tabuleiro.

O último jogador a ter utilizado uma agulha inicia a partida. Nesse jogo, nem sempre os jogadores farão seus movimentos alternadamente em turnos. A vez de jogar sempre será de quem está atrás no tabuleiro. Por isso, pode acontecer do mesmo jogador executar várias ações seguidas, até que o outro jogador atue novamente.

Na sua vez de jogar, o jogador pode executar uma de duas ações:

- Avançar no tabuleiro central e receber botões: Nessa ação, o jogador move seu marcador de tempo até o espaço imediatamente à frente do outro jogador. Para cada espaço avançado ele receberá um botão.



- Comprar um retalho da reserva e costurá-lo no seu tabuleiro: Para executar esta ação, o jogador precisará seguir cinco passos:

  1. Escolher um retalho, entre os três retalhos que estão à frente do marcador neutro (em sentido horário);
  2. Posicionar o marcador neutro no lugar do retalho que foi comprado;
  3. Pagar o valor indicado no retalho escolhido;
  4. Montar o retalho no seu tabuleiro. Uma vez colocado, o retalho não poderá ser movido;
  5. Movimentar o seu marcador de tempo no tabuleiro central, conforme o valor de tempo indicado no retalho.



Além disso, no tabuleiro central podemos encontrar algumas marcações especiais, que indicam ações a serem executadas pelo jogador quando passar por uma dessas casas:

- Retalho especial: o jogador deverá pegar o retalho de tamanho 1x1 (se ainda estiver disponível) e colocar imediatamente no seu tabuleiro;

- Botões: o jogador recebe o número de botões correspondente aos botões costurados no seu tabuleiro individual.



Ponto Extra

Existe no jogo um tile especial (7x7). O primeiro jogador a formar um quadrado completo de retalhos do tamanho 7x7, receberá esse tile e garantirá 7 pontos extras ao final do jogo.




Fim de jogo

O jogo termina quando ambos os jogadores chegarem ao centro do tabuleiro.
A pontuação final é definida pela quantidade de botões que cada jogador conseguiu acumular durante a partida, mais o valor do til 7x7, se for o caso. Lembrando que desse valor deve-se subtrair 2 pontos para cada espaço vazio no tabuleiro individual.



Patchwork é um jogo rápido, fácil de explicar e jogar, com peças muito bem elaboradas e coloridas, que tornam a partida bem ambientada. Pode ser jogado por qualquer pessoa, mesmo quem não está acostumado com jogos de tabuleiro.

Patchwork e as Crianças.

Por ser fácil, com poucas regras, as crianças logo assimilam a ideia do jogo. Nossa filha rapidamente entendeu o contexto, os objetivos e a forma de jogar.
Mostrou-se muito bom para exercitar o raciocínio, com os cálculos e inúmeras possibilidades para a montagem dos retalhos no tabuleiro individual, e a necessidade de ter que se preocupar com as peças que renderão botões extras, como uma fonte de renda.


Ficha Técnica


Jogadores: 2
Idade: a partir de 8 anos
Duração: aproximadamente 20 minutos

Fabricante: Ludofy

Nenhum comentário:

Postar um comentário